terça-feira, 17 de setembro de 2013

Dor na Alma

A pior dor é a da alma. 
As dores que permanecem na alma vem das nossas perdas, decepções, indiferenças, humilhações e injustiças; elas superam as dores físicas. 
As feridas no corpo cicatrizam, o tempo pode apagá-las, mas as feridas na alma são feridas abertas. Quando não abertas, seus sintomas são mórbidos, suas marcas geram experiências e suas profundas cicatrizes existentes tem como efeito a maturidade.
Quando um ser humano comete suicídio eu logo penso: mais um que matamos, mais um que a sociedade matou. O suicídio começa por dentro. Não observamos o outro, não cuidamos do outro. 
Por que é tão difícil? Por que essa luta interminável de ser melhor do que o outro? O por que de toda essa inveja, essas injustiças e incompreensões?
Concluo afirmando que aquele que não é caçador dos seus semelhantes, sente as dores na alma mais profundamente. Seria bonito se não fosse trágico.

(Jhennifer Cavassola)

Um comentário:

Anônimo disse...

Gostaria de aproveitar para fazer algumas recomendações de livros e filmes. A bibliografia foi retirada do site www.profheliocouto.com.br、
O livro, top em matéria de relacionamentos, se chama: “Por que amamos de autoria de Helen Fisher”.
O livro, referência no assunto Mecânica Quântica”, denomina-se “O UNIVERSO CONSCIENTE de AMIT GOSWAMI, editora Aleph”. Trata da mecânica do universo, ou seja, ajuda a entender como os fenômenos funcionam.
Outro livro bem interessante “O caminho Infinito" de autoria de Joel Goldsmith”. Trata da espitualidade no mais alto nível de consciência.
Um filme que ajuda a entender a importância deste assunto é: “QUEM SOMOS NÓS”, o qual pode ser encontrado no site: www.youtube.com.br
Todos os livros podem ser encontrado nas principais livrarias e também no site: www.estantevirtual.com.br, que sai mais em conta.
Estes livros ajudarão qualquer pessoa a ampliar o nível de consciência. A realidade、 é nós que a criamos e, assim, não há espaço para lamentações ou ressentimentos, pois somos os gestores dos acontecimentos da vida.